top of page

Se pensas que sabes tudo acerca do Superior... enganas-te!

Como o tempo passou rápido… acabei de entrar no Ensino Secundário e já estou a entrar no ES…” Se isto te aconteceu… CALMA! Não estás sozinho! É natural que um futuro caloiro tenha diversos medos… é que ser estudante não é questão de estalar os dedos, é todo um processo.

Caso sejas aceite, posteriormente, vêm as dúvidas… a mudança de cidade, alugar casa, não conhecer ninguém. Há um mundo completamente novo à tua espera, e há que ir com tudo! (Se esta não for a tua situação… não é o fim do mundo, apesar de parecer. Acredita que vais acabar por entender a razão!)

Para te ajudar, desenvolvemos um formulário, em que diversos caloiros puderam exprimir o que mais os atormenta neste novo início!


O que vai agora ser apresentado são algumas opiniões recolhidas entre membros da nossa equipa, e servem apenas para elucidar um pouco a experiência que te espera.


  • Estudo (reprovar a cadeiras, rapidez com que é dada a matéria, pouca disponibilidade por parte dos professores)

Quanto a reprovar a cadeiras, penso que funciona um bocadinho como no secundário. Tudo se faz! Se não for na 1ª vez, é na 2ª, ou nas vezes que forem necessárias! Tudo tem o seu tempo! Aliás, todos temos o nosso tempo!- Inês Ramos, Gestora de Parcerias da Easy Future, 4° ano em ‘Direito’ na FDUP.


Eu tive uma colega que estava no 3° ano a repetir uma cadeira do 1° ano pela 2ª vez, e ela passou!” - Cláudio Figueiredo, Gestor de Recursos Educativos da Easy Future, 2° ano em ‘Educação e Formação’ na IEUL.


Nas primeiras semanas, uma das minhas maiores dificuldades era manter o estudo em dia de todas as cadeiras pela quantidade de matéria que era dada em cada aula, mas ao longo do tempo, com muita organização, consegui habituar-me a este novo normal...- Diana Duarte, Assessora de Comunicação e Gestora de Merchandising da Easy Future, 2° ano em ‘Gestão Pública’ no IPCA.


Os professores estão lá e estão a ser pagos para te explicarem, para te formares, sem medos dizes que não percebeste. Infelizmente há professores assim, mas com esses tem que se bater o pé, ou então se vires que não dá, perguntas a algum colega teu se percebeu e pedes para te explicar. - Cláudio Figueiredo, Gestor de Recursos Educativos da Easy Future, 2° ano em ‘Educação e Formação’ na IEUL.



  • Relacionamentos (integração na faculdade, pessoas que não se apoiam, sair à noite e praxes)

Na minha opinião, a integração significa muito mais do que ir a festas, muito mais do que ir à praxe… Acredito que a integração na faculdade se resume a todo um conjunto de experiências que farão, efetivamente, parte do nosso crescimento, quer enquanto indivíduos, quer enquanto futuros integrantes do mercado de trabalho… mesmo na cadeira ao vosso lado, está alguém exatamente na mesma situação de que vocês, por isso, ninguém está sozinho... - Inês Ramos, Gestora de Parcerias da Easy Future, 4° ano em ‘Direito’ na FDUP.


Pessoas que não se apoiam vão sempre ter… Isso aconteceu-me este ano. Ao estudar para um exame, um colega disse-me que não me ia ajudar, porque depois eu podia ter melhor nota (sim, existe este tipo de colega na universidade), mas o que fiz foi procurar um outro colega ou outro grupo de estudo e deu tudo certo.- Cláudio Figueiredo, Gestor de Recursos Educativos da Easy Future, 2° ano em ‘Educação e Formação’ na IEUL.



  • Alojamentos

Estás à espera de outro testemunho, não é? Temos algo mais esclarecedor para ti!



  • Mitos (universidade privada/politécnico VS mercado de trabalho)

No top 5 de faculdades portuguesas para se estudar psicologia, está uma universidade privada (ISPA). Vai haver sempre ofertas de trabalho!- Cláudio Figueiredo, Gestor de Recursos Educativos da Easy Future, 2° ano em ‘Educação e Formação’ na IEUL.


Ao longo deste 1° ano fui percebendo que essa ideia é um mito, pois por se tratar de um instituto politécnico o nosso ensino é muito mais prático do que numa universidade o que faz com que estejamos, no final da licenciatura, muito mais preparados para o mundo do trabalho. Desta forma, os empregadores acabam, na sua maioria, por optar empregar pessoas que tiveram um ensino mais prático e que já estão mais ocorrentes do dia a dia de uma empresa- Diana Duarte, Assessora de Comunicação e Gestora de Merchandising da Easy Future, 2° ano em ‘Gestão Pública’ no IPCA.



  • Dicas e Informações extra

- Acerca dos preços das propinas, fica aqui uma ideia:

Licenciaturas nas universidades públicas e politécnicos - 697€ p/ ano

Universidade privada - no site destas, podes encontrar essa informação.


- Usa e abusa da lista de artigos disponibilizados para o estudo de cada cadeira, vai ajudar bastante!

  • Mensagem motivacional!

Os medos são naturais! O importante é ter força de vontade e manter o foco nos nossos objetivos. É okay pedir ajuda e não nos sentirmos bem naquilo que estamos a fazer ou com as decisões que tomámos… Acima de tudo, permite-te viver experiências... Verás que, na verdade, muitos dos teus medos nem sequer representam algo real, ou então ganharás ferramentas que te permitirão lidar com eles da melhor maneira possível.

E já agora: não tenhas medo da praxe! Vale a pena experimentar, nem que seja apenas para ver o que achas, porque ninguém te vai obrigar a ficar caso queiras sair!- Margarida Pereira, Coordenadora de Webinares da Easy Future, Licenciada em ‘Comunicação social e cultural’ na FCH


E nunca te esqueças: qualquer dúvida, estamos aqui para te ajudar!

Não hesites em contactar-nos!

Comments


Artigos Recentes

bottom of page