top of page

Digital VS Papel: Qual o melhor tipo de apontamento?

Vais começar o Ensino Superior e não sabes qual a melhor maneira de tirar apontamentos? Preparámos este artigo para te ajudar!

Com a entrada no Ensino Superior, é-te oferecida uma maior liberdade no que toca à escolha dos materiais para fazeres os teus apontamentos: formato digital, papel ou a conjugação dos dois.

Na verdade, esta escolha é muito subjetiva, por isso, vamos apresentar-te as vantagens e desvantagens de ambos os métodos para que possas optar por aquele que mais se adequa a ti e aos teus objetivos.

Em papel

Vantagens

  • Memorização: o cérebro assimila melhor a matéria pois o ato de escrever ajuda na retenção de informação.

  • Treinas a escrita, tornando-a mais rápida, uma utilidade para quando precisas de anotar em tempo real o que o professor enuncia.

  • Praticidade: apenas precisas de um caderno e de um lápis/caneta, não tens de te preocupar com equipamentos sem bateria ou problemas técnicos.

  • Criatividade: ao escreves à mão podes dar asas à imaginação para tornar os teus apontamentos mais apelativos e pôr em práticas as tuas habilidades manuais.

Desvantagens

  • Desorganização: ocupam espaço físico e por vezes pode ser difícil conseguir organizá-los quando se começam a acumular.

  • Tempo: são mais demorosos a elaborar.

  • Vulnerabilidade: ao apagar/corrigir é possível que fiquem rasurados, além disso, podem ser rasgados ou até perdidos ficando sem acesso a informações importantes.

No digital

Vantagens

  • Edição: caso necessites de adicionar informação aos teus apontamentos, não se tornará confuso.

  • Comodidade: podes ter os teus apontamentos sempre à mão, sem peso extra e consultáveis em qualquer lugar, visto que é bastante provável que tenhas o telemóvel contigo.

  • Organização: além de não ocuparem espaço físico, podes arquivá-los para sempre e organizá-los por pastas por exemplo, de forma teres sempre a matéria organizada.

  • Ambiente: ao substituíres as folhas pelo digital, estás a poupar a vida a muitas árvores.

Desvantagens

  • Distrações: estás vulnerável a mais distrações no meio digital, nomeadamente mensagens do grupo de amigos ou o acesso a jogos.

  • Ineficiência: ainda que seja fácil digitar, por se ter tornado habitual, não é garantida a eficácia de aquisição de conhecimentos. Além disso, ler é mais eficaz no papel do que em qualquer tela.


Não te esqueças que podes sempre combinar os dois métodos consoante a disciplina e/ou o teu estado de espírito. Para ilustrar estas ideias, deixamos-te testemunhos de alguns estudantes no que toca ao tipo de apontamentos que escolhem.


Diana Neves, 3° ano da licenciatura em Gestão na FEUC

"Durante todo o meu percurso académico, sempre optei pelo papel para fazer os meus apontamentos e resumos. Além de, para mim, ser a forma mais rápida de escrever, também me permite uma maior facilidade de adicionar notas aos resumos, esboços e pequenos esquemas. Considero que através dos resumos em papel me é mais fácil captar a matéria e manter-me mais focada."

Sofia Freitas, 4º ano da licenciatura em Ciências da Nutrição na FCNAUP

"Assim que entrei na faculdade decidi logo investir num tablet para me acompanhar nesta jornada. Sempre fui uma pessoa que tinha um caderno para cada "disciplina" e isso era uma coisa que, ao entrar na faculdade, só me ia dar (mais) trabalho. Não queria andar com o peso das coisas e, como tal, uma das vantagens de fazer resumos digitalmente é poder ter todos os meus cadernos num só sítio, recorrendo a aplicações de organização e produtividade para os organizar. O facto de muitas aplicações permitirem sincronizar com drives permite que, independentemente, de estar com o tablet ou não consiga visualizar noutros dispositivos. Ter o tablet permite-me descarregar facilmente os recursos digitais que os professores disponibilizam, sem ter de andar com imenso papel. Além disso, não preciso de estar todos os anos a comprar material escolar. Muitas vezes também encontro os livros recomendados em PDF online, o que torna muito mais fácil a leitura dos capítulos que realmente interessam sem ter de transportar calhamaços."


DICA EXTRA!

Um bom resumo, além de ser produzido pelo próprio utilizador por palavras suas, deve ser sintético e preciso, ou seja, por meio de gráficos, escrita, tabelas ou esquemas tem que conter toda a informação sucintamente. Não te esqueças de o fazer com antecedência e bastante concentração, para que obtenhas os melhores resultados!


E tu? Qual preferes?

Qualquer dúvida que tenhas não hesites, contacta-nos ;)

721 visualizações

Comments


Artigos Recentes

bottom of page